Colheita do Lúpulo Brasileiro, Lançamento Märzen & Tour Baden Baden

A Baden Baden realizou no último dia 12 de abril, a colheita do lúpulo brasileiro junto a tour na cervejaria em uma viagem incrível ao mundo da cerveja.

O evento que foi realizado para os convidados (sim nós fomos!), mostrou de perto como é o lúpulo brasileiro e sua história por trás de sua criação. Ainda contou com as novidades da tour pela cervejaria e a experiência pelo mundo cervejeiro. Encerrando com o lançamento da Märzen, primeira feito 100% com o lúpulo brasileiro.

Primeiro vamos começar sobre a Colheita…

Toda a história começou há três anos, onde eles tinham o objetivo de desenvolver o lúpulo em plantios brasileiros, mas para isso precisava de um local onde seria o responsável em cuidados e ajuda quando se trata em terras.

(Esq. para Dir.) Sidney Telles (mestre cervejeiro Baden Baden), Rubens Matos (gerente de Pesquisa & Desenvolvimento da Brasil Kirin) e Rodrigo Veraldi Ismael (proprietário da Fazenda Viveiro Frutopia)

Em parceria com a cervejaria, o local escolhido foi a Fazenda Viveiro Frutopia, que é um espaço incrível, com cultivos de uvas, framboesas e agora o lúpulo, olha esta imagem, não dá nem vontade de sair de lá…

O primeiro teste do lúpulo, claro que teve alguns estrangeiros, mas somente para testar o solo, mas o ‘bichinho’ começou a criar mutação e formas, foi que em 2015, em um teste que deu errado, o solo aceito a semente daquele novo lúpulo e se desenvolveu um novo tipo genuinamente brasileiro.

No mesmo ano, ele foi utilizado em parte, na cerveja comemorativa da Baden Baden, a 15 anos, e com estes meses e ainda com mais testes, eles conseguiram então criar uma nova receita e um novo estilo para o lançamento da cerveja utilizado e 100% dos lúpulos brasileiros.

 

 

Mas e o nome do lúpulo?

Ainda está em processo de aprovação, mas ao que tudo indica ele se chamará ‘Mantiqueira’, ao sentir o aroma, ele remete uma mistura de cítrico e frutado, pode ser que seja por causa da proximidade onde tem a plantação das frutas que o solo acabou pegando esta carga.

(Todos que participaram levaram uma lembrança junto ao local onde deu origem do lúpulo nacional, olha ai embaixo…)

Sobre o lançamento…

Com todo o cuidado que a cervejaria teve com o lúpulo, aproveitamos para conferir a colheita de parte deles, já que os melhores lúpulos já tinham sido recolhidos especialmente para a produção do primeiro rótulo em 100% lúpulo brasileiro.

O estilo escolhido para o primeiro rótulo com o lúpulo nacional, foi o estilo Märzen, que é um estilo alemão originário da Bavária, quando existia um decreto da proibição de produzir cerveja entre 24 de abril e 28 de setembro no século XV. A receita foi desenvolvida para obter que a cerveja durasse neste momento de censura. Justamente no mês e março que o lúpulo Mantiqueira foi recolhido para efetuar a produção do rótulo neste mesmo período.

A cerveja Märzen tem uma coloração acobreada, aroma maltado, frutado e um leve cítrico do lúpulo nacional que condiz no paladar, corpo e amargor baixo, final seco.

Tour Baden Baden

No mesmo dia da colheita, foi inaugurado a nova tour da cervejaria pelas instalações da fábrica e dos rótulos da marca para o público em geral. Ao começar a aventura, tem um vídeo demonstrativo da história da cerveja e da Baden Baden e seus rótulos e prêmios conquistados.

Agora a parte que todo cervejeiro ama é as instalações da fábrica, lógico que não pode entrar dentro dela, mas nos vidros você tem uma noção de todo o processo de fabricação da cerveja.

A parte ‘oba oba’ vem na degustação e apresentação dos rótulos que são guiados pelo sommelier da Brasil Kirin Samuel Hoshino, onde ele explica brevemente sobre os rótulos da cervejaria junto a uma degustação de alguns rótulos engatados.

Se você quer aproveitar e levar uma lembrança, já entramos direto para a loja de souvenirs com kits, camisetas, chaveiros e claro as cervejas disponíveis para levar.

Informações adicionais e agendamentos podem ser feitos por meio do contato badenbadentour@brasilkirin.com.br.

Bônus!

Não podemos deixar de mencionar dois pratos que foram servidos no dia, especialmente para o evento. O primeiro é o hambúrguer cervejeiro desenvolvido na Brewtime, onde o pão de brioche é feito com o malte,  a carne também teve a adição do malte, o molho barbecue foi feito com a Baden Baden IPA, cheddar ingles, bacon, e a maionese que também teve adição de outra cerveja, a própria Märzen. Para harmonizar, ela combinou tanto coma  IPA quanto a Märzen, vale a pena.

O bolinho de chocolate bem macio, teve a harmonização coma Baden Baden Chocolate, mas creio que a Celebration poderia conversar melhor com o bolo.

Para nós que amamos cerveja, ter esta experiência da colheita do lúpulo e sentir de pertinho os bastidores reais da cerveja, sempre é um momento único que ficará gravado e será mais que aprendizado.

Alguns outros cliques que fizemos durante a tour na fazenda e na cervejaria….

Links:
https://www.facebook.com/cervejabadenbaden/
https://www.facebook.com/pages/Viveiro-Frutopia/

 

Agradecimentos: Erica Ikuno e Josi Campos (FSB)

About Henrique Carnevalli

Viciado em música, Pirado na fase psicodélica do Ronnie Von e Corinthiano. Lupúlomaníaco e Beer Sommelier formado no ICB.

Check Also

Rewind – #49

Comentários no Facebook

Comentários

%d blogueiros gostam disto: