Em 2016, marca inaugurou sua fábrica própria, conquistou sete premiações e participou da primeira Oktoberfest. Planos incluem ampliação geográfica e lançamento de novos rótulos / Valmir Zanetti, diretor da Cerveja Blumenau - Foto: Daniel Zimmermann

Cerveja Blumenau amplia capacidade produtiva e com novos pontos de venda em 2017

Este foi um ano intenso para a Cerveja Blumenau. E as novidades ainda estão chegando nas últimas semanas de 2016: novos equipamentos, que aumentam a capacidade produtiva para 120 mil litros ao mês, foram instalados. A planta, que começou a operar em setembro, tinha capacidade de 100 mil.

De acordo com o diretor executivo da Cerveja Blumenau, Valmir Zanetti, esse investimento é uma amostra do que o ano representou para a marca. “Tivemos uma ascensão novamente acima do esperado. Nosso time está trabalhando para que a qualidade cresça junto com a expectativa do público em relação aos produtos, que é muito grande”, comenta. A meta é chegar ao fim de 2017 com 2 mil clientes. Hoje são 600 em oito estados brasileiros. Para isso, ampliar geograficamente a disponibilidade de produtos é uma das estratégias.

Em 2016 a Cerveja Blumenau inaugurou a sua unidade de fabricação própria, com investimentos na casa de R$ 4 milhões. A estrutura verticalizada e a tecnologia de ponta são destaques da planta, que realiza todos os processos e conta com etapas como a flash pasteurização, que é utilizada por poucas cervejarias nacionais.

No lançamento, apresentou a linha completa de 2016 que tem nove cervejas e um licor. Os rótulos atualmente disponíveis são Alles Pilsen, Vila Weiss, Capivara Little IPA, Capivara Double IPA, Capivara Session IPA, Frida Bolde Ale, Ipê Amarelo Premium Lager, Catharina Sour – Sun of a Peach e 1850 (Barley Wine). Além disso, um licor produzido com a base da 1850 também está disponível.

Blumenau foi uma das cervejarias escolhidas em nosso listão do ano, clique aqui.

 
Fonte: Melz

About Henrique Carnevalli

Viciado em música, Pirado na fase psicodélica do Ronnie Von e Corinthiano. Lupúlomaníaco e Beer Sommelier formado no ICB.

Check Also

Slow Brew Brasil 2017

Comentários no Facebook

Comentários

%d blogueiros gostam disto: