4Drive – Recycle

Mais uma bolachinha que saiu ano passado e que somente agora é que conseguimos postar aqui no Review RockBreja.
Formada em 2001 na cidade de Americana, interior de SP, este sexteto esbanja qualidade sonora, misturando muita coisa, desde o grunge, hard rock, techno e o resultado é 4Drive.

Pena este trabalho sair com tanto tempo desde o embrião da banda, talvez seja o fato de necessitarem amadurecer para soltar um material que valesse a pena, e este vale muito!
Um excelente trabalho e produção que deixou o som bem limpo e que nos deixa ouvir cada instrumento, até mesmo aquele sampler “escondidinho” lá no fundo da canção. Só um detalhe: as linhas de baixo poderiam ficar um pouco mais em evidência pra valorizar um pouco mais este incrível instrumento.

4Drive é uma mistura de rock alternativo dos anos 90, com influências de Korn e com a atitude do Linkin Park. Também lembra um pouco, em algumas músicas Nickelback e Creed.

Abre-se o disco com um som bem familiar, “Something There“, reflexo de suas influências, mas com pitadas de 4Drive, mostrando que estão aí para o que der e vier.
Em seguida temos “Madman” que começa bem lenta e depois termina bem agressiva lembrando Linkin Park.
A próxima, “Fading Memories“, uma das baladas do disco, lembra muito a melancolia de Korn e sua trupe. Funciona bem, pode ser utilizada como “single” deste trabalho para ser tocada em web radio e divulgar mais a banda.

Os destaques ficam por conta de “In the Game“, que é um blues/rock´n roll bem cadenciado, mas com uma levada bem diferente, seguida de “Spacetime Theory“, com estilo um pouco diferenciado das demais, vertendo um pouco pro alternativo e prog o que funciona muito bem, depois vem “Voiceless” a melhor do disco na minha opinião, “Owe You” que começa com um som bem experimental até a metade, depois o peso e a vitalidade tomam conta numa atmosfera incrível, fazendo que até a voz seja alterada lembrando, em alguns momentos, Phil Anselmo/Pantera.

A oitava faixa chama-se “Catch Fire (Interlude)“. Este “interlúdio”, contendo vários experimentos eletrônicos, samplers e serve para mostrar que o disco ainda não acabou mas que se finda, apenas, uma fase do disco pra tomarmos fôlego porque ainda tem mais!

A faixa seguinte, “Rain” é uma música que se inicia sem pretensão alguma e que logo em seguida cresce de uma forma tão natural que o ouvinte é envolvido e nem se dá conta deste envolvimento de tão natural que é.

A última faixa do disco, a incrível “Highlander” que é mais uma balada bem cadenciada e bem limpa, apesar do peso que se observa enquanto ela é apresentada. É uma excelente música, me surpreendeu muito com as diferenças em seu andamento!

A parte gráfica é bem simples, o CD vem em um pack e não há encarte. Achei muito interessante o logo da banda. Na parte posterior há uma foto com rosto dos seis integrantes com uma pequena informação do produtor, estúdio de gravação e Facebook.

4Drive vão levar 9 cervejas bem geladas para incentivá-los em seguir à diante e registrar aqui que sempre vale à pena.

4Drive – (Independente – 2016)

Tracklist
1.Something There
2.Madman
3.Fading Memories
4.In the Game
5.Spacetime Theory
6.Voiceless
7.Owe You
8.Catch Fire (Interlude)
9.Rain
10.Highlander

Formação
Eduardo Zabani – Vocal
Gabriel Falcade – Guitarra
Otaviano Costa Jr. – Guitarra
Guilherme Forti – Baixo
Daniel Carrara – Bateria
Pedro Konishi – Samplers

NOTA: 09/10

Agradecimentos: Rômel Santos (Dunna Records)

About Alex Silva

Headbanger desde que se conhece por gente, Design Gráfico de formação, fissurado por discos de vinil de bandas de hard/rock/metal/punk nacional dos anos 80/90´s, no entanto um apreciador de uma boa música, independente de estilos.

Check Also

4DRIVE: Confira belas imagens no lyric video de “Fading Memories”

Comentários no Facebook

Comentários

%d blogueiros gostam disto: